Compromisso com a Qualidade em Procedimentos Cirúrgicos

28/09/2023

Pilar Hospital: Compromisso com a Qualidade em Procedimentos Cirúrgicos

No cenário médico, a excelência em procedimentos cirúrgicos é uma das marcas de distinção que os pacientes buscam ao selecionar um hospital para sua saúde e bem-estar. O Pilar Hospital, destaca-se quando objetivo de proporcionar cuidados cirúrgicos de qualidade, precisão e tecnologia.

Compromisso com a Qualidade Médica

Há mais de meio século, o Pilar Hospital tem sido uma presença importante na comunidade de Curitiba. Nossa história de 59 anos é uma jornada marcada pela combinação de tecnologia e um toque humano único, formando a base de nosso compromisso em cuidados de saúde.

Nossa reputação com procedimentos de alta complexidade é resultado direto de nossa dedicação em oferecer serviços cirúrgicos de qualidade. Contamos com um moderno centro cirúrgico equipado com tecnologia, permitindo que nossa equipe cirúrgica execute procedimentos complexos com precisão e segurança. Essa abordagem nos coloca na vanguarda da medicina e busca que nossos pacientes recebam os cuidados mais avançados disponíveis.

Cirurgias no Pilar Hospital

Compreendemos a urgência e a imprevisibilidade das emergências médicas, e é por isso que nosso Pronto Atendimento 24h está sempre preparado para acolher qualquer tipo de urgência e emergência adulta. Nossos profissionais de saúde dedicados e experientes estão à disposição para fornecer cuidados rápidos e eficazes, cuidando para que nossos pacientes recebam a atenção necessária quando mais precisam.

Além disso, reconhecemos a importância das consultas médicas regulares na manutenção da saúde. Nosso centro médico é projetado para oferecer uma ampla gama de serviços de consultas, proporcionando um espaço onde você pode se engajar com médicos especializados para discutir suas preocupações de saúde e receber orientações personalizadas.

Acreditamos que a humanização é essencial em todos os aspectos do atendimento hospitalar. Nossa UTI humanizada é um exemplo disso, onde a tecnologia e o toque humano se unem para oferecer cuidados intensivos que não apenas tratam as condições médicas, mas também abordam as necessidades emocionais dos pacientes e de suas famílias.

Tipos de cirurgias realizadas

No coração do Pilar Hospital, pulsa um compromisso com a qualidade médica e a excelência hospitalar. A nossa dedicação a esses princípios fundamentais molda cada aspecto do que fazemos. A base sólida que sustenta nossa abordagem é cuidadosamente construída para garantir que cada paciente que confia em nós receba um atendimento de qualidade.

Nossa equipe é composta por profissionais especializados, cada um trazendo toda sua experiência para a sua respectiva área de atuação. Desta maneira uma intervenção cirúrgica é mais do que um procedimento, é uma expressão de nosso compromisso em proporcionar resultados como por exemplo:

A cirurgia bariátrica é uma amostra do nosso foco na saúde integral. Através dessa especialidade, buscamos não apenas transformar o corpo, mas também melhorar a qualidade de vida de nossos pacientes, abordando de maneira comprometida os desafios relacionados ao peso.

Especialidades- Cirurgia Bariátrica

Na cirurgia bariátrica, nossos cirurgiões se dedicam a auxiliar os pacientes na jornada para um estilo de vida mais saudável. Através de procedimentos especializados, eles capacitam os indivíduos a transformar suas vidas, oferecendo apoio e orientação em cada passo do caminho.

Na área cardiovascular abordamos questões complexas do coração e dos vasos sanguíneos com precisão cirúrgica, empregando tecnologia avançada para garantir que a saúde cardíaca de nossos pacientes seja tratada com o mais alto padrão.

A cirurgia cardiovascular é um campo que exige uma destreza excepcional e um entendimento profundo da anatomia e funcionamento do coração e vasos sanguíneos. Nossos cirurgiões cardiovasculares trazem consigo a capacidade de realizar intervenções altamente complexas, garantindo a saúde cardíaca de nossos pacientes.

Nossa equipe cirúrgica se destaca também na especialidade de cirurgia de mão, onde a complexidade das estruturas da mão e dos membros superiores exige habilidades técnicas excepcionais e uma abordagem delicada. Nossos cirurgiões são verdadeiros artesãos nessa área, restaurando a funcionalidade e a estética com precisão.

Além disso, atendemos também outras especialidades, como a cirurgia de cabeça e pescoço, onde a delicadeza é fundamental devido à proximidade com órgãos vitais. Da mesma forma, dedicamos o mesmo nível de cuidado e atenção ao tratamento de problemas gastrointestinais complexos no aparelho digestivo.

Nossa expertise se estende também aos campos de cirurgia torácica e oncológica. Cada intervenção nessas áreas exige não apenas habilidade técnica, mas também empatia e compreensão das implicações emocionais para o paciente e seus entes queridos. Utilizamos técnicas cirúrgicas somadas à tecnologia para garantir que nossos pacientes enfrentem seus desafios de saúde com a maior confiança possível.

Na cirurgia geral, nossa equipe realiza uma ampla variedade de procedimentos, desde os mais simples até os mais complexos. A experiência de nossos cirurgiões abrange diversas áreas, onde a precisão é fundamental.

Equipe Cirúrgica

Entendemos profundamente que enfrentar uma cirurgia pode ser um momento de ansiedade e incerteza. É por isso que nos empenhamos em criar um ambiente de apoio e empatia, onde cada paciente se sinta ouvido, respeitado e acolhido. A nossa equipe não apenas executa procedimentos cirúrgicos com habilidade, mas também está comprometida em fornecer cuidados compassivos que transcendem os limites da técnica.

O compromisso com o bem-estar emocional é uma parte integral do nosso atendimento. Reconhecemos que as preocupações e os medos que podem surgir antes de uma cirurgia são tão importantes quanto os aspectos físicos do procedimento. É por isso que nos esforçamos para fornecer um apoio emocional contínuo, garantindo que cada paciente esteja equipado com o conhecimento e a compreensão necessários para enfrentar a jornada cirúrgica com confiança.

Além de nossos conhecimentos médicos, a nossa equipe é treinada para oferecer informações claras e transparentes sobre os procedimentos, os riscos e os benefícios. Estamos aqui para responder a todas as suas perguntas e preocupações, para que você possa tomar decisões informadas e se sentir no controle de sua própria jornada de cuidado.

Cuidados Preparatórios e Recuperação Personalizados

A nossa missão no Pilar Hospital não se limita apenas ao procedimento cirúrgico em si. Reconhecemos que a jornada de cuidado engloba uma série de etapas cruciais, desde os preparativos pré-operatórios até a recuperação pós-cirúrgica. É por isso que nossa equipe está comprometida em oferecer um cuidado abrangente e personalizado, antes e depois do procedimento, para garantir que você tenha a melhor experiência possível.

Antes do procedimento cirúrgico, entendemos que a preparação é essencial. Nossa equipe trabalha em estreita colaboração com você para fornecer orientações detalhadas sobre como se preparar fisicamente e emocionalmente para a cirurgia. Essa abordagem proativa visa minimizar a ansiedade, responder a todas as suas perguntas e garantir que você esteja totalmente informado sobre o que esperar.

Após o procedimento, nossa dedicação continua. A recuperação é uma fase importante, e é nesse momento que nossa equipe se esforça para facilitar sua jornada de volta à saúde. Fornecemos orientações específicas e claras sobre os cuidados pós-operatórios, garantindo que você saiba exatamente como cuidar de si mesmo e otimizar sua recuperação. A nossa equipe está sempre à disposição para responder a quaisquer dúvidas ou preocupações que você possa ter durante esse período.

Adotamos uma abordagem personalizada em todos os aspectos do nosso cuidado. Compreendemos que suas necessidades, circunstâncias e metas de saúde são distintas, e é nosso compromisso adaptar nossos cuidados para atender a essas especificidades. Essa abordagem sob medida não apenas otimiza os resultados, mas também proporciona uma experiência mais positiva e envolvente para você.

Através de cada procedimento cirúrgico, buscamos não apenas alcançar o sucesso, mas também superar as expectativas. Cada paciente é único, e reconhecemos que os resultados cirúrgicos podem ter um impacto profundo em suas vidas. Trabalhamos para fazer essa diferença positiva, restaurando a saúde e proporcionando um futuro mais brilhante.

Cuidados Pré-Operatórios: Reconhecemos que a preparação é fundamental para o êxito de qualquer procedimento cirúrgico. Nossos cuidados pré-operatórios são meticulosamente elaborados para garantir que você esteja totalmente preparado, tanto fisicamente quanto mentalmente, para enfrentar a cirurgia com confiança e tranquilidade. Colocamos à disposição toda a nossa expertise e recursos para assegurar sua segurança e o sucesso do procedimento.

Nossa equipe médica especializada é sua parceira durante todo o processo pré-operatório. Começamos por conduzir avaliações abrangentes para entender sua saúde geral e identificar quaisquer fatores que possam influenciar a cirurgia. Com base nessa avaliação, oferecemos orientações personalizadas, fornecendo instruções claras sobre preparativos específicos, como restrições alimentares, uso de medicamentos e outras medidas necessárias para otimizar sua condição.

Além disso, realizamos os exames e testes essenciais para avaliar sua aptidão para o procedimento. Essa abordagem abrangente nos permite identificar e analisar qualquer questão de saúde que possa surgir, garantindo sua segurança durante o procedimento. Estamos aqui para responder a todas as suas dúvidas e preocupações, garantindo que você esteja bem informado e confiante antes de entrar na sala de cirurgia.

Acreditamos que a parceria entre nossa equipe médica e você é fundamental para o sucesso do procedimento. Seja um procedimento cirúrgico mais simples ou mais complexo, nossa dedicação aos cuidados pré-operatórios é uma extensão de nosso compromisso em oferecer um atendimento abrangente e de qualidade. Sua segurança, bem-estar e tranquilidade estão no centro de tudo o que fazemos.

Recuperação Pós-Cirúrgica: Compreendemos a importância crucial do período pós-procedimento para uma recuperação bem-sucedida. Nosso compromisso com seu bem-estar não cessa quando o procedimento é concluído; ele continua enquanto acompanhamos sua recuperação para assegurar que seja um processo suave, confortável e eficaz. Nossa equipe médica dedicada permanecerá ao seu lado, fornecendo orientações pós-operatórias detalhadas, monitorando atentamente seu progresso e oferecendo o suporte necessário para uma recuperação completa.

Logo após o procedimento, você será acompanhado por nossa equipe de profissionais qualificados, que estarão atentos aos seus sinais vitais, monitorando sua resposta ao procedimento e garantindo que você esteja confortável. Dependendo do tipo de procedimento, você pode ser transferido para uma sala de recuperação especializada, onde nossa equipe continuará a observá-lo enquanto você desperta da anestesia.

Durante toda a fase de recuperação, nossa equipe fornecerá orientações detalhadas sobre cuidados posteriores, medicamentos, restrições e qualquer outra informação relevante. Estaremos disponíveis para responder a todas as suas perguntas, oferecer suporte emocional e garantir que você tenha todas as ferramentas para uma recuperação tranquila.

Entendemos que cada paciente é único e pode reagir de maneira diferente à cirurgia. Por esse motivo, nossa abordagem pós-operatória é altamente personalizada, adaptando-se às suas necessidades individuais. Estamos empenhados em ajudá-lo a alcançar uma recuperação completa e retomar suas atividades diárias com a maior brevidade possível

No Pilar Hospital, a busca incessante por melhorias é um reflexo do nosso desejo de oferecer a você a melhor experiência cirúrgica possível. Independentemente da complexidade do procedimento, nossa promessa de qualidade médica e cuidado contínuo permanece inabalável.

Tecnologia Médica

No Pilar Hospital, nossa busca por qualidade na cirurgia nos levou a unir habilidades médicas especializadas e tecnologia médica avançada para alcançar resultados cirúrgicos excepcionais. Reconhecemos que a convergência desses elementos é essencial para proporcionar aos nossos pacientes uma experiência cirúrgica de qualidade, marcada pela precisão, segurança e eficácia.

Uma mostra do nosso foco em tecnologia é a procura por cirurgia robótica e IA,uma vez que a importância da inteligência artificial na área da saúde é cada vez mais evidente, proporcionando benefícios significativos, como a redução do tempo de internação, a diminuição dos riscos de infecção hospitalar e uma recuperação mais rápida. Os robôs desempenham um papel crucial ao permitir cirurgias minimamente invasivas em diversas especialidades médicas, incluindo urologia, ginecologia, cirurgia cardíaca e torácica.

Sistemas com essa tecnologia têm contribuído para cirurgias menos invasivas, resultando em menor tempo de internação, menor risco de sangramento e uma recuperação mais rápida para os pacientes. Além disso, os robôs oferecem uma visão cirúrgica aprimorada, com imagens de alta definição, zoom e anti tremor, melhorando a qualidade dos procedimentos. A inteligência artificial também desempenha um papel crucial na radiologia, auxiliando radiologistas na interpretação de imagens complexas e contribuindo para cirurgias de alta complexidade.

Aqui no Pilar Hospital estamos redefinindo a cirurgia de coluna com uma abordagem inovadora. Utilizando softwares de inteligência artificial (IA) em todo o processo, desde o planejamento até a execução, no Pilar Hospital estamos liderando uma revolução médica inédita na América Latina. Essa iniciativa pioneira demonstra nosso compromisso contínuo com avanços médicos de ponta no Brasil.

A cirurgia de coluna é um procedimento intrincado que exige precisão e atenção meticulosa. Através do uso da IA, revolucionamos nosso enfoque, utilizando softwares de última geração para aprimorar cada fase cirúrgica. Essa tecnologia revolucionária dá aos nossos cirurgiões informações detalhadas e insights valiosos, aprimorando a segurança, precisão e eficiência das intervenções.

Os softwares de IA têm a capacidade de analisar imagens de ressonância magnética e tomografia computadorizada, identificando com precisão as estruturas anatômicas e orientando os cirurgiões na melhor abordagem para cada caso. Além disso, a IA também oferece simulações em tempo real durante a cirurgia, permitindo ajustes imediatos que maximizam a precisão e minimizam os riscos.

O Dr. Luiz Roberto Aguiar, neurocirurgião do Pilar Hospital, compartilha sua satisfação com os resultados alcançados até o momento: “A IA está transformando a cirurgia de coluna. Com o auxílio desses softwares inteligentes, personalizamos cada intervenção de acordo com as necessidades do paciente, reduzindo riscos e aprimorando os resultados. Esta técnica pioneira está consolidando o Pilar como um centro de referência no tratamento da coluna vertebral”.

Ainda sobre tecnologias disponíveis no Pilar Hospital, recebemos a quarta geração do Sistema Cirúrgico Robótico Da Vinci X, uma evolução avançada de um dos sistemas de cirurgia robótica mais conceituados do mundo. Já pioneiro na cidade ao oferecer tratamentos com o robô Da Vinci em 2020, o hospital agora eleva suas capacidades com a quarta geração, que proporciona maior padronização de instrumentais cirúrgicos e componentes, amplia a conectividade e integração do software e melhora a eficiência da sala de cirurgia robótica.

Aprimorada, essa nova versão do Da Vinci X apresenta braços robóticos otimizados, proporcionando aos cirurgiões mais recursos e opções. A tecnologia avançada do sistema inclui instrumentais de grampeamento e seladores de vasos, visualização 3DHD com fluorescência Firefly e energia integral. O Dr. Ari Adamy, coordenador de cirurgia robótica do Pilar Hospital, destaca que o Da Vinci é um avanço tecnológico de primeira linha que proporciona benefícios tanto para o paciente, através da cirurgia minimamente invasiva, quanto para o cirurgião, tornando o procedimento mais confortável.

Os pacientes podem esperar uma série de vantagens com a quarta geração do Da Vinci. Essa tecnologia de ponta pode levar a resultados mais aprimorados, reduzindo o tempo de internação e o sangramento. O objetivo é tratar eficazmente a doença e permitir a recuperação do paciente para uma vida normal o mais rápido possível.

O investimento em tecnologia avançada requer uma equipe altamente preparada e serviços alinhados. A diretora técnica, Dra. Maria Laura Nemer, destaca o compromisso do hospital em proporcionar um tratamento seguro e eficiente, combinando tecnologia de ponta com recursos humanos capacitados. Com um histórico de sucesso desde a aquisição do primeiro robô, o Pilar Hospital reafirma sua posição de referência em atendimento e treinamento médico, agora fortalecido pela nova geração do Da Vinci X.

Descubra o Poder da Cirurgia no Pilar Hospital!

Você merece cuidados cirúrgicos de alta qualidade e precisão. No Pilar Hospital, nossa equipe especializada está comprometida em oferecer a você uma experiência cirúrgica excepcional, combinando conhecimento médico avançado com tecnologia.

🔬 Conheça nossos Procedimentos Cirúrgicos de Excelência: Pilar Hospital (https://www.hospitalpilar.com.br/)

Além disso, sabemos que a informação é fundamental para a tomada de decisões informadas. Seja bem informado e confiante em suas escolhas!

📚 Saiba mais sobre nossos serviços e cuidados na CEDIP (https://www.cedip.com.br/)

No Pilar Hospital, estamos aqui para cuidar de você e oferecer soluções cirúrgicas. Sua saúde e bem-estar são a nossa prioridade.

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Twitter

28 de agosto

Cirurgia Bariátrica: O que você precisa saber antes de se submeter ao procedimento

A cirurgia bariátrica é uma opção cada vez mais considerada por pacientes que enfrentam a obesidade mórbida e buscam uma solução eficaz para a redução de peso e melhoria da qualidade de vida. Entretanto, antes de se submeter ao procedimento, é essencial entender todos os aspectos envolvidos, bem como os riscos e benefícios que a cirurgia pode trazer. Neste artigo, vamos abordar os principais pontos que você precisa saber antes de tomar essa decisão importante, fornecendo informações valiosas e esclarecendo dúvidas com relação à cirurgia bariátrica. 1. Indicações da cirurgia bariátrica: O primeiro passo para considerar a cirurgia bariátrica é entender se você se enquadra nas indicações para o procedimento. A cirurgia é geralmente recomendada para pessoas que apresentam obesidade mórbida, com um índice de massa corporal (IMC) acima de 40, ou acima de 35 quando associada a doenças como diabetes tipo 2, hipertensão arterial e apneia do sono, entre outras. Além das indicações baseadas no índice de massa corporal (IMC), outros fatores também são levados em conta ao considerar a cirurgia bariátrica. É importante que o paciente tenha tentado outras abordagens de perda de peso, como dietas e exercícios, sem obter resultados significativos a longo prazo. A cirurgia é mais adequada para aqueles que enfrentam dificuldades para controlar seu peso e para quem a obesidade está impactando negativamente a saúde e a qualidade de vida. Antes de prosseguir com a cirurgia, é realizada uma avaliação completa do estado de saúde do paciente, incluindo exames médicos, histórico de saúde e avaliação psicológica. Essa avaliação abrangente é fundamental para identificar possíveis contraindicações e garantir que o paciente esteja fisicamente e emocionalmente preparado para o procedimento. Vale ressaltar que a cirurgia bariátrica não é uma solução milagrosa, mas sim uma ferramenta eficaz para auxiliar na perda de peso e no controle de doenças relacionadas à obesidade. É fundamental que o paciente compreenda que o sucesso da cirurgia depende de seu comprometimento em adotar um estilo de vida saudável após o procedimento, incluindo uma dieta equilibrada, prática regular de exercícios físicos e acompanhamento médico adequado. Outro aspecto importante a ser considerado é o suporte da família e do círculo social do paciente durante todo o processo. O apoio emocional é essencial para ajudar o paciente a enfrentar os desafios da mudança de hábitos e manter a motivação ao longo da jornada de perda de peso. A cirurgia bariátrica oferece uma oportunidade para uma transformação significativa na vida dos pacientes com obesidade mórbida, proporcionando melhorias na saúde física, emocional e social. No entanto, é fundamental que o paciente esteja devidamente informado e consciente dos riscos e benefícios envolvidos, bem como dos compromissos que assumirá para alcançar resultados duradouros. 2. Riscos e benefícios da cirurgia bariátrica: É fundamental estar ciente dos riscos e benefícios associados à cirurgia bariátrica. Embora seja uma opção eficaz para a perda de peso significativa, a cirurgia também envolve riscos, como infecções, sangramento e complicações pós-operatórias. Por outro lado, os benefícios incluem a melhoria das condições de saúde e a redução de riscos associados à obesidade, como doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2. Estar ciente dos riscos e benefícios associados à cirurgia bariátrica é um aspecto crucial para os pacientes considerando esse procedimento. Vamos explorar com mais detalhes tanto os riscos quanto os benefícios: Riscos da cirurgia bariátrica: Deficiências nutricionais: Devido à redução do tamanho do estômago e/ou mudanças na absorção dos nutrientes, os pacientes podem correr o risco de desenvolver deficiências de vitaminas e minerais a longo prazo, requerendo suplementação e acompanhamento nutricional contínuo. Refluxo gastroesofágico: Em alguns casos, a cirurgia bariátrica pode agravar ou causar sintomas de refluxo gastroesofágico, o que pode ser desconfortável e exigir tratamento adicional. Desafios emocionais: A mudança significativa no estilo de vida após a cirurgia pode desencadear desafios emocionais, como depressão, ansiedade ou distúrbios alimentares, especialmente se o paciente não estiver preparado emocionalmente para essa transformação. Benefícios da cirurgia bariátrica: Perda de peso significativa: A cirurgia bariátrica é comprovadamente eficaz na promoção da perda de peso significativa e sustentada a longo prazo, o que pode melhorar a saúde geral e a qualidade de vida dos pacientes. Melhoria das condições de saúde: A redução de peso alcançada com a cirurgia bariátrica pode resultar em melhorias significativas em condições de saúde relacionadas à obesidade, como diabetes tipo 2, hipertensão arterial, apneia do sono, entre outras. Redução de riscos à saúde: Ao abordar e controlar a obesidade, a cirurgia bariátrica também pode reduzir o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, doenças articulares, problemas respiratórios e outros problemas de saúde associados à obesidade. Aumento da mobilidade: Com a perda de peso, os pacientes frequentemente experimentam uma melhoria na mobilidade e na capacidade de realizar atividades diárias, resultando em maior independência e qualidade de vida. Melhoria da autoestima e bem-estar: A perda de peso e as melhorias na saúde muitas vezes se traduzem em um aumento da autoestima e bem-estar emocional, proporcionando aos pacientes uma perspectiva mais positiva sobre suas vidas e seus corpos. 3. Preparação pré-operatória: Antes da cirurgia, é necessário um período de preparação para garantir que o paciente esteja física e emocionalmente apto para o procedimento. Isso pode envolver mudanças na dieta, exames médicos e avaliações psicológicas para garantir que o paciente esteja preparado para enfrentar a cirurgia e o processo de recuperação. É essencial um período de preparação cuidadosa para assegurar que o paciente esteja fisicamente e emocionalmente pronto para enfrentar o procedimento e o processo de recuperação. Vamos explorar com mais detalhes o que envolve essa fase de preparação: 1. Mudanças na dieta: Primeiro, o paciente precisará fazer alterações significativas em sua dieta para se preparar adequadamente para o procedimento. Essas mudanças podem incluir a redução do consumo de calorias e gorduras, aumentando o consumo de proteínas, incorporando mais alimentos saudáveis, como frutas, legumes e grãos integrais, e eliminando o consumo de álcool e tabaco. 2. Exames médicos: Anteriormente a cirurgia, o paciente será submetido a uma série de exames médicos abrangentes para avaliar sua saúde geral e garantir que esteja apto para o procedimento. Esses exames podem incluir análises de sangue, exames cardíacos, testes de função pulmonar e outros procedimentos diagnósticos para identificar possíveis problemas de saúde que precisem ser tratados antes da cirurgia. 3. Avaliação psicológica: A cirurgia bariátrica é uma mudança significativa na vida do paciente, e é importante que esteja emocionalmente preparado para enfrentar os desafios que virão. Por essa razão, é realizada uma avaliação psicológica para avaliar a saúde mental do paciente, identificar possíveis questões emocionais que precisem ser tratadas e garantir que ele compreenda plenamente o impacto emocional da cirurgia. 4. Educação e orientação: Durante o período de preparação, o paciente receberá educação e orientação detalhadas sobre o procedimento cirúrgico, o que esperar antes, durante e após a cirurgia, os riscos e benefícios envolvidos, além das mudanças no estilo de vida necessárias após a cirurgia. Essa informação é essencial para que o paciente esteja ciente do que está por vir e possa tomar uma decisão informada sobre a cirurgia. 5. Suporte emocional e social: Enfrentar a cirurgia bariátrica pode ser uma experiência emocionalmente desafiadora para muitos pacientes. Durante a fase de preparação, é importante que o paciente tenha o apoio emocional e social de familiares, amigos e/ou grupos de apoio para ajudá-lo a lidar com as mudanças que estão por vir. 4. Tipos de cirurgia bariátrica: Existem diferentes tipos de cirurgia bariátrica disponíveis, como a banda gástrica ajustável, a gastrectomia vertical e o bypass gástrico. Cada uma dessas opções tem características e resultados diferentes, e é importante discutir com o médico qual a melhor opção para o seu caso específico. A escolha do tipo de cirurgia bariátrica é uma etapa essencial e personalizada do tratamento para cada paciente. Vamos aprofundar um pouco mais nas características e resultados de cada uma dessas opções: 1. Banda Gástrica Ajustável: A banda gástrica ajustável é uma opção menos invasiva em comparação com outras cirurgias bariátricas. Consiste na colocação de uma banda em torno da parte superior do estômago para criar uma pequena bolsa. Essa bolsa limita a quantidade de alimentos que o paciente pode ingerir, o que resulta em uma sensação de saciedade mais rápida. A grande vantagem dessa técnica é que a banda pode ser ajustada conforme necessário, oferecendo maior flexibilidade no controle do processo de perda de peso. 2. Gastrectomia Vertical (Sleeve): A gastrectomia vertical, também conhecida como "sleeve", envolve a remoção de cerca de 80% do estômago, transformando-o em um tubo vertical. Essa redução no tamanho do estômago limita a capacidade de armazenamento de alimentos e também reduz a produção do hormônio grelina, responsável pela sensação de fome. Como resultado, o paciente sentirá saciedade mais rapidamente e terá menor apetite, contribuindo para a perda de peso significativa. 3. Bypass Gástrico: O bypass gástrico é uma cirurgia mais complexa e efetiva. Envolve a criação de uma pequena bolsa no topo do estômago e um desvio no intestino delgado, conectando diretamente a bolsa a uma parte mais distante do intestino. Esse desvio reduz a absorção de nutrientes e calorias, além de diminuir a quantidade de comida que o paciente pode ingerir. Essa combinação de restrição e malabsorção resulta em uma perda de peso significativa. Cada uma dessas opções apresenta suas particularidades e indicadores específicos, e é importante que o paciente discuta com o médico para entender qual delas é mais adequada ao seu caso. O médico levará em conta o índice de massa corporal (IMC), histórico médico, condições de saúde existentes, estilo de vida e preferências individuais do paciente para orientar a decisão. 5. Recuperação pós-operatória: A recuperação após a cirurgia bariátrica é uma fase crítica do processo e requer cuidados especiais para garantir o sucesso do procedimento. Vamos explorar em mais detalhes o que os pacientes podem esperar durante esse período de recuperação: 1. Acompanhamento médico próximo: Após a cirurgia, o paciente precisará de acompanhamento médico próximo e frequente. Isso inclui consultas regulares com o cirurgião bariátrico, nutricionista, psicólogo e outros profissionais de saúde que compõem a equipe multidisciplinar. Essas consultas são essenciais para monitorar a recuperação, avaliar a perda de peso, ajustar a dieta e a medicação, e abordar quaisquer preocupações ou desafios que possam surgir. 2. Adesão rigorosa às orientações médicas: É fundamental que o paciente siga rigorosamente todas as orientações médicas e recomendações da equipe de saúde durante o período pós-operatório. Isso inclui seguir uma dieta específica, tomar suplementos vitamínicos conforme prescrito, praticar atividades físicas adequadas ao estágio de recuperação e evitar comportamentos prejudiciais à saúde, como fumar e consumir álcool em excesso. 3. Adaptação a novos hábitos alimentares e de vida: A cirurgia bariátrica representa uma mudança significativa na vida do paciente, e a recuperação envolve uma adaptação a novos hábitos alimentares e de estilo de vida. No início, o paciente seguirá uma dieta líquida ou de alimentos purê, progredindo gradualmente para alimentos sólidos à medida que a recuperação avança. É essencial aprender a fazer escolhas alimentares saudáveis e equilibradas que apoiem a perda de peso e a nutrição adequada. 4. Controle de peso e metas de saúde: Durante a recuperação, o paciente notará uma perda de peso significativa. É importante lembrar que o emagrecimento ocorrerá de forma gradual, e o progresso pode variar de paciente para paciente. O acompanhamento médico contínuo permitirá ajustes na dieta e nas atividades físicas para alcançar as metas de saúde e garantir que a perda de peso seja saudável e sustentável. 5. Suporte emocional: O período pós-operatório pode ser emocionalmente desafiador para alguns pacientes, especialmente quando se adaptam a uma nova rotina e enfrentam as mudanças físicas e emocionais da perda de peso. Nesse sentido, o suporte emocional da família, amigos ou grupos de apoio é crucial para ajudar o paciente a enfrentar esses desafios e a manter a motivação e o foco em seus objetivos de saúde. 6. Acompanhamento multidisciplinar: A cirurgia bariátrica não se resume apenas ao procedimento em si. O acompanhamento multidisciplinar após a cirurgia bariátrica é uma parte essencial e contínua do tratamento, fundamental para o sucesso a longo prazo e a adaptação saudável a um novo estilo de vida. Vamos destacar a importância de cada profissional nesse suporte: 1. Nutricionista: O nutricionista desempenha um papel fundamental na orientação alimentar do paciente após a cirurgia. Eles fornecem orientações sobre a dieta adequada para cada estágio da recuperação, ajudam o paciente a alcançar as necessidades nutricionais essenciais e fornecem recomendações para uma alimentação equilibrada e saudável a longo prazo. Essa orientação nutricional é essencial para garantir que o paciente obtenha os nutrientes necessários e alcance a perda de peso de forma segura e sustentável. 2. Psicólogo: O apoio psicológico é crucial durante a jornada pós-operatória, pois o paciente enfrenta uma série de mudanças físicas e emocionais. O psicólogo auxilia o paciente a lidar com questões emocionais relacionadas à cirurgia, como mudanças na imagem corporal, ansiedade, estresse e adaptação a um novo estilo de vida. O suporte emocional ajuda o paciente a enfrentar os desafios com mais resiliência, promovendo uma abordagem positiva e saudável à nova fase da vida. 3. Educador Físico: O educador físico orienta o paciente sobre a importância da atividade física após a cirurgia bariátrica e ajuda a criar um plano de exercícios adequado ao estágio de recuperação e capacidades individuais. A atividade física é fundamental para melhorar a saúde cardiovascular, promover a perda de peso, aumentar a força muscular e melhorar a flexibilidade, contribuindo para um estilo de vida mais ativo e saudável. 4. Equipe Médica e Cirurgiões: Além dos profissionais mencionados acima, é essencial continuar o acompanhamento com a equipe médica e o cirurgião que realizou o procedimento. As consultas regulares permitem que o médico avalie a recuperação, faça ajustes conforme necessário e monitore a evolução do paciente a longo prazo. Essa abordagem de cuidado integrado é fundamental para a prevenção e tratamento de possíveis complicações, garantindo a segurança e a eficácia do tratamento. A decisão de se submeter à cirurgia bariátrica é uma escolha importante e deve ser feita de forma consciente, levando em consideração todos os aspectos envolvidos. Ao buscar informações sobre o procedimento, seus riscos e benefícios, e ao contar com um acompanhamento multidisciplinar, o paciente estará mais preparado para tomar uma decisão informada e ter sucesso em sua jornada de perda de peso e melhoria da saúde. O Pilar Hospital se coloca à disposição para oferecer todo o suporte necessário nesse processo, priorizando a saúde, bem-estar e segurança de seus pacientes.

26 de janeiro

Centro de Tratamento de Queimados

O Pilar Hospital inova mais uma vez e traz para Curitiba seu novo Centro de Tratamento de Queimados. Além de permitir integração entre este Centro, o Pronto Atendimento e a área de Terapia Intensiva, é o único hospital no Paraná que oferece o tratamento em diferentes modelos de câmara hiperbárica (multipaciente e monopaciente), com equipamentos que otimizam a cicatrização, auxiliam no combate às infecções e aceleram a plena recuperação dos pacientes. Segundo o Ministério da Saúde, o Paraná é o terceiro estado no ranking de maior proporção de queimados no país. Só na capital paranaense, em 2020, houve um crescimento de 39,5%, totalizando mais de 1.400 pessoas que foram internadas para tratar queimaduras. “Com a chegada, neste início de janeiro, da câmara hiperbárica monoplace, damos início ao recebimento de pacientes no Centro de Tratamento de Queimados do Pilar, oferecendo uma estrutura completa, com equipe multidisciplinar que conta com especialista em hiperbárica, cirurgiões plásticos, equipe de enfermagem, entre outros, somando cerca de 30 profissionais que atuarão para ajudar na recuperação desses casos, dispondo de tecnologia de última geração e especialização para um atendimento completo”, explica Rodrigo Milano, diretor-presidente do Pilar Hospital. Há alguns anos que o Pilar Hospital já se dedica ao tratamento de lesões complexas com curativos especiais, algumas causadas por queimaduras. A partir deste mês, os pacientes (particulares e de planos de saúde) podem ser atendidos no Centro de Tratamento de Queimados do hospital, tanto casos leves quanto complexos, resultantes de queimaduras térmicas, químicas e elétricas, por exemplo. “O nosso protocolo de tratamento foi ampliado para permitir atendimento completo. Muitos casos de queimaduras exigem longos períodos de internação e tratamento. Com acesso às câmaras hiperbáricas, principalmente com a chegada da versão monopaciente, na qual o paciente pode ficar sozinho e isolado, diminuímos as chances de infecção e sequelas. Aliado ao acesso a todos os tipos de curativos, oferecemos o que há de mais atual em termos de tecnologia, hotelaria adaptada e especializada, possibilitando maior conforto para aqueles que enfrentam o tratamento. Buscamos, além de um atendimento de qualidade, diminuir o uso de antibióticos e possibilitar a recuperação completa no menor tempo possível, de acordo com cada quadro”, ressalta Diogo Romariz Peixoto, médico responsável pelo Centro de Tratamento de Queimaduras do Pilar Hospital.

03 de novembro

Agilidade no atendimento diminui as chances de sequelas em casos de AVC

Agilidade no atendimento diminui as chances de sequelas em casos de AVC Neurologista do Pilar Hospital esclarece dúvidas sobre o acidente vascular cerebral Segundo dados do Ministério da Saúde, o AVC é responsável por, aproximadamente, 100 mil mortes por ano em todo o país. De acordo com a neurologista do Pilar Hospital, Claudia Panfilio, o rápido atendimento médico pode minimizar a chance de sequelas, por isso é importante reconhecer os sintomas da doença. Conforme a especialista, o AVC é uma doença caracterizada pelo aparecimento de um sintoma neurológico súbito, provocado por uma alteração da circulação no sistema nervoso central, seja no cérebro ou na medula espinhal. Existem duas formas de manifestação da doença: o AVC isquêmico, que é uma obstrução ou redução brusca do fluxo sanguíneo em uma artéria cerebral, causando falta de circulação no seu território vascular, e o AVC hemorrágico – uma ruptura espontânea de um vaso, com extravasamento de sangue para o interior do cérebro. “Entre os principais mecanismos associados ao AVC estão a aterosclerose, causada pelo depósito de placas de gordura nas artérias, que obstruem, progressivamente, os vasos sanguíneos, causando sua interrupção, e algumas doenças cardíacas, uma vez que produzem coágulos no interior do coração e que, se não diagnosticados e tratados, podem se descolar pela corrente sanguínea e causar oclusão nos vasos cerebrais”, afirma a neurologista. Sintomas Dra Claudia Panfilio alerta que as pessoas devem estar atentas para os sintomas que podem auxiliar na identificação da doença. Entre eles estão: fraqueza ou formigamento do rosto, perna ou braço (especialmente em apenas um lado do corpo); confusão, compreensão ou falas alteradas; modificações observadas na visão, equilíbrio, coordenação ou andar. Além disso, tonturas e dores de cabeça súbitas e intensas, sem causa aparente, também podem ser sinais de início do desenvolvimento de um AVC. Caso sejam verificados estes sintomas, a pessoa deve ser encaminhada com urgência para um hospital que possua uma equipe médica capacitada e especializada em doenças cerebrovasculares, com Pronto Atendimento. Pacientes com AVC isquêmico, o mais comum, quando atendidos até 4,5 horas após o início dos sintomas, podem ser medicados com um remédio que dissolve o coágulo e minimiza a chance de sequelas. Atendimento imediato Para minimizar as sequelas da doença é preciso que o atendimento seja imediato e eficiente. Por isso, buscar ajuda médica especializada, que consiga fazer um diagnóstico ágil e preciso, é fundamental. “Em um Pronto Atendimento especializado, como o do Pilar Hospital, a equipe está preparada para reconhecer, rapidamente, os indicativos de que o paciente pode estar sofrendo um AVC, com isso, aumentam-se as chances de tratar os sintomas e prevenir as sequelas. Além disso, ter à disposição exames, UTI e Centro Cirúrgico com a mais alta tecnologia, se necessário, auxiliam muito no tratamento individualizado”, explica a especialista. Pós-AVC Segundo a neurologista, aproximadamente 70% dos pacientes que foram acometidos por um AVC apresentam sequelas, por isso estas pessoas devem ter um acompanhamento médico constante. Em alguns casos, o paciente também deve ser assistido por uma equipe multidisciplinar (fisioterapeuta, psicóloga e fonoaudióloga), que auxiliará na reabilitação, reinserção na sociedade e na retomada das atividades de rotina. Como prevenir A evolução de um AVC está diretamente ligada a fatores de risco – cuja incidência tem se tornado cada vez maior na população –, tais como pressão alta, diabetes, tabagismo, obesidade, sedentarismo e hipercolesterolemia (quantidades de colesterol acima do normal no sangue). “Para se prevenir o AVC, as pessoas devem buscar controlar os fatores de risco citados, praticar uma atividade física e manter hábitos de vida saudáveis”, aconselha a médica.

09 de dezembro

Isolamento pode aumentar dores em idosos

Mesmo com algumas flexibilizações, desde a segunda quinzena de março a recomendação do Ministério da Saúde é para que as pessoas evitem aglomerações, a fim de evitar o contágio nesse momento de pandemia. Essa situação, no entanto, tende a causar um aumento no sedentarismo e no sentimento de solidão, o que traz consequências negativas para a saúde, em especial dos idosos. Segundo a médica especialista em geriatria e clínica médica do Pilar Hospital, Fabiana Weffort Caprilhone, as dores crônicas nessa população, ou seja, com duração superior a três meses, podem aumentar com a falta de atividades físicas. Além disso, a solidão pode causar e agravar quadros de depressão, o que costuma afetar a memória e muitas vezes se reflete em sintomas físicos, como as dores. A médica afirma que o aumento das dores crônicas tem uma forte ligação com a saúde mental. O idoso, por estar mais isolado, sem contato com outros familiares, pode apresentar aumento na dor como um sinal da depressão. Por isso a importância de não abandonar as consultas com o médico assistente, pois esse profissional poderá prescrever as medicações necessárias e que irão trazer mais qualidade de vida. De acordo com médica, as dores mais comuns na terceira idade estão localizadas: Nos membros inferiores, principalmente quadril, joelhos e pernas. Fabiana afirma que os idosos se beneficiam de intervenções físicas e de reabilitação e não somente de medicamentos, como acupuntura, exercícios de alongamento, pilates e musculação, por exemplo. Porém, nesse momento, um acompanhamento remoto muitas vezes já auxilia. “Os filhos e netos podem também ajudar acompanhando em caminhadas pela quadra ou dentro de casa para manter a mobilidade dessas pessoas. No caso de piora significativa, o paciente deve procurar o seu médico, sempre buscando a precaução na utilização abusiva de analgésicos e antiinflamatórios, pois pode trazer danos para a saúde nessa faixa etária”, destaca. Prevenir é a melhor solução, cultivando bons hábitos alimentares, fazendo exercícios físicos, mesmo que em casa, utilizando a tecnologia para aproximar os familiares e mantendo uma rotina regular de consultas médicas para o bom controle de doenças crônicas que ocorrem na terceira idade.

07 de dezembro

Diagnosticar o Diabetes previne complicações

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Diabetes, a enfermidade atinge mais de 12 milhões de brasileiros. A alta incidência preocupa devido às complicações causadas pela doença que surge quando o pâncreas não produz a quantidade adequada de insulina (hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o corpo) ou quando a insulina produzida não tem a sua ação adequada devido à resistência da ação desta. O fato de uma pessoa ter diabetes a torna de mais risco para várias doenças, como: infarto agudo do miocárdio, AVC (Acidente Vascular Cerebral) e doença renal crônica. Também estudos recentes mostram alta taxa de complicações em paciente que possui COVID-19 e diabetes. Segundo a endocrinologista do Pilar Hospital, Silvana Aniella, a doença deve ser mantida sob controle, sendo que os níveis de glicemia variam de acordo com a idade, faixa etária e outras doenças concomitantes. “Recomendamos que a pessoa mantenha as suas medicações e o seu acompanhamento de rotina, de forma que o seu tratamento esteja o mais adequado possível”, orienta. A endocrinologista afirma ainda que muito tem se falado sobre a relação do diabetes com a COVID-19. “O que se sabe é que o diabetes não aumenta o risco de infecção, no entanto, uma vez contaminada, a pessoa tende a apresentar quadros mais graves com maior chance de óbito. O risco se relaciona também com a idade, o tempo de duração da doença e o estado do controle da glicemia”, destaca Silvana Aniella. O risco maior para os diabéticos acontece também porque esses pacientes apresentam muitas vezes outras doenças associadas e consideradas fatores de complicações, como a insuficiência renal e a hipertensão. A médica orienta que as recomendações das autoridades de saúde sobre a prevenção à COVID-19 devem ser seguidas, como: Higiene frequente das mãos com água e sabão e/ou uso do álcool em gel; Utilização de máscaras ao sair de casa; Isolamento social devem ser mantidos, porém, sem descuidar dos cuidados com o diabetes. O acompanhamento aliado a uma rotina de alimentação mais saudável e à rotina de exercícios tornam a doença controlada, reduzindo os riscos e trazendo ganhos em qualidade de vida.

03 de dezembro

Pilar Hospital oferece serviço de medicina esportiva

Para quem quer começar a praticar atividades físicas, ou até mesmo atletas profissionais e amadores, a partir de agora há atendimento especializado no Pilar Hospital, que passa a oferecer o novo serviço de Medicina Esportiva. O serviço é representado pelo médico Pedro Bruno Costa Murara, especialista em Medicina Esportiva, com o apoio do ortopedista esportivo, Luis Antônio Bauer e o cardiologista esportivo, José Mauro Espósito. Com consultas bem individualizadas e detalhistas, o objetivo da nova área de atendimento é melhorar a qualidade de vida do paciente, analisando diferentes hábitos, como alimentação, sono e capacidade física. “Existem vários fatores que precisamos analisar em cada consulta, que envolve desde pressão alta, à estrutura óssea, muscular, composição corporal, diabetes e outras fragilidades que envolve cada uma das idades e o nível de experiência em atividade física de cada pessoa. Por isso, nosso propósito é ajudar os pacientes a terem mais qualidade de vida com a prática de exercícios feitas corretamente”, explica Dr. Pedro Murara. Para quem é voltada a especialidade? Atletas de nível - os atletas competidores, das mais variadas idades, contam com um atendimento personalizado, voltado à melhoria de performance, adaptação de alimentação adequada, prevenção e tratamento de lesões desenvolvidas no dia a dia dos treinos. Amadores e iniciantes - os atletas amadores e aqueles que estão começando a fazer exercícios precisam contar com um atendimento ainda mais individualizado, voltado a identificar quaisquer possíveis restrições corporais, bem como peso, doenças pré-existentes, capacidade física, muscular, cardíaca e pulmonar. Idosos ou pessoas com doenças pré-existentes – ajuda na prevenção de quedas e no fortalecimento muscular para melhorar a qualidade de vida, como é o caso de idosos que estão em uma situação mais frágil. O mesmo ocorre com as pessoas que já têm doenças crônicas e/ou pré-existentes, pois não podem fazer toda e qualquer atividade física, é preciso adequar as orientações para cada caso e, também, o modo de praticá-la, quantidade, peso aplicado e corrigir as formas de prática, com um acompanhamento mais regular para aumentar a dose de acordo com o desenvolvimento de cada paciente. Mulheres nas mais diversas etapas da vida - o organismo da mulher é muito diferente e precisa ser entendido como único, pois, além da nutrição, dos exercícios ideais para cada uma, ainda precisamos ter em conta a necessidade de vitaminas, as alterações hormonais e as mudanças corporais de cada fase da paciente. O Pilar Hospital está localizado no bairro Bom Retiro e possui como característica o fato de aliar o atendimento humano com a alta tecnologia.

01 de dezembro

Novembro Azul – saúde do homem

O Novembro Azul é uma campanha criada para alertar sobre os cuidados com a saúde do homem. A ideia consiste em conscientizar sobre a importância de manter o bem-estar de uma forma geral, com foco, porém, na prevenção ao câncer de próstata. Esse tumor corresponde ao segundo tipo mais comum entre os homens do país, atrás apenas do de pele não-melanoma. Entre os especialistas, a opinião é unânime - quando diagnosticado na fase inicial, há uma alta chance de cura. Para diagnosticar precocemente é essencial manter consultas regulares com um urologista, pois, em fase inicial, a doença não desenvolve sintomas, sendo esse o principal motivo para realizar os exames de detecção: de sangue (PSA) e o toque retal. No Pilar Hospital os pacientes têm à disposição um novo Serviço de Urologia, coordenado pelo Dr. Eduardo Gabriel Gerber Wietzikoski, urologista com especialização em endourologia, cirurgia minimamente invasiva e robótica. Segundo o médico, muitos homens deixam os cuidados com a saúde para depois. “A rotina atribulada faz com que muitos acabem lembrando de cuidar da própria saúde somente quando sentem algum mal-estar ou são acometidos por uma doença, mas é necessário mudar esse panorama”, afirma. A orientação do especialista é que o acompanhamento inicie com 40 anos de idade ou sempre que a pessoa tiver sintomas como dificuldade para urinar, dor nos rins, dor abaixo do umbigo ou nas costas e em caso de doenças sexualmente transmissíveis. “Os tumores malignos podem ocorrer de forma lenta e muitas vezes não causam sintomas, sendo o somatório dos exames que aumenta as chances de detecção. Não é preciso ter medo de ir ao urologista. Para que a sua saúde esteja sempre em dia, as consultas devem fazer parte da rotina”, orienta. No Pilar Hospital existe a possibilidade de fazer todos os procedimentos em um mesmo local com uma equipe completa formada por urologistas, radioterapeutas, oncologistas clínicos e oncologistas cirurgiões, além de outros profissionais. Além disso, a Instituição possui um parque tecnológico de ponta, com equipamentos como o robô Da Vinci, que permite realizar procedimentos minimamente invasivos. Na cirurgia de próstata, por exemplo, torna possível a preservação máxima dos tecidos, trazendo mais segurança e uma rápida recuperação aos pacientes. Quanto à prevenção, não há forma exata de evitar o câncer de próstata, pois o maior risco é genético. Porém, buscar uma boa qualidade de vida é sempre um caminho benéfico para a saúde como um todo. Entre as atitudes que colaboram para evitar a doença estão: Ir a um urologista regularmente; Evitar fumar e consumir bebidas alcóolicas em excesso; Manter uma alimentação equilibrada, rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais; Praticar atividades físicas, ao menos 30 minutos por dia. A saúde é o seu bem mais precioso. Cuide-se.

30 de novembro

Pilar Hospital investe em novas tecnologias

São muitos os detalhes que tornam uma empresa referência em sua área de atuação. No caso do segmento da saúde, oferecer equipamentos de ponta é sem dúvidas um dos principais diferenciais que tornam o atendimento ao paciente ainda mais eficaz e com melhores resultados. O investimento em novas tecnologias faz parte dos 56 anos de história do Pilar Hospital, que passou a integrar recentemente a Hospital Care - considerada uma das principais holdings administradora de serviços da saúde. Essas novas tecnologias incluem as primeiras Torres Cirúrgicas de Curitiba para videolaparoscopia 4K – Karl Storz, que oferecem qualidade de imagem na realização de procedimentos minimamente invasivos. Único da região sul do país, outro equipamento já adquirido é o Sistema de Visualização Robótica KINEVO 900 da ZEISS, que mediante injeção de imagem, leva até o cirurgião uma visão multidimensional do campo operatório, e atua em parceria com o neuronavegador Curve – Brain Lab, que otimiza a navegação com planejamento pré-operatório e visualização cirúrgica. Uma das novidades mais esperadas foi a recém-chegada do Robô Da Vinci, uma técnica cirúrgica inovadora, sendo uma das mais avançadas da atualidade, presente em poucos centros hospitalares do mundo. Esses investimentos ampliaram ainda mais o patamar de qualidade no atendimento ao público da região, além de trazer conforto e precisão que resultam em mais segurança aos profissionais da saúde. “É tempo de reinventar, é tempo de crescer”.

26 de novembro

Dezembro Laranja: previna-se

Dezembro é o mês para lutarmos contra um vilão silencioso e perigoso: o câncer de pele. A campanha Dezembro Laranja tem o objetivo de lembrar a população sobre a importância de se prevenir contra essa doença. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o tumor de pele costuma se manifestar em pessoas com mais de 40 anos, mas essa regra está encontrando cada vez mais exceções. A exposição constante ao sol e a maior intensidade dos raios solares, causada pelas alterações climáticas no planeta, estão diminuindo, aos poucos, a idade dos pacientes que são atingidos pelo câncer de pele. É preciso mudar alguns hábitos da nossa rotina para prevenir essa doença. Antes, vamos entender quais os tipos de câncer, seus sintomas e como é feito o diagnóstico. Melanoma e não melanoma: qual a diferença? O câncer de pele está dividido em dois tipos: o tumor com mais chances de tratamento e cura é chamado de não melanoma e pode ser um carcinoma basocelular ou espinocelular; já o tipo mais perigoso de câncer e que tem chances de cura muito baixas é conhecido como melanoma. Veja as principais características de cada tipo e saiba como identificar. 1) Não melanoma – Carcinoma Basocelular Esse é o diagnóstico de 95% dos casos de câncer de pele. É o tipo menos grave e, normalmente, se manifesta através de manchas na pele, que crescem lentamente. Elas aparecem em locais de maior exposição ao sol, como rosto, pescoço, orelhas e couro cabeludo. 2) Não melanoma – Carcinoma Espinocelular Segundo tipo de câncer mais comum, suas vítimas costumam ser homens, mas também pode se manifestar em mulheres. O principal sintoma é uma ferida em forma de nó que cresce rapidamente e forma uma casquinha. Apesar de também ter ligação com a exposição solar, ele pode ser causado pelo tratamento de quimioterapia e radioterapia ou se desenvolver em quem já tem problemas de pele crônicos, como feridas que não cicatrizam. 3) Melanoma maligno Uma pinta escura, que vai se deformando com o passar do tempo é o principal sinal deste tipo de câncer, o mais perigoso de todos. Ele é provocado pela exposição ao sol ou por queimaduras, principalmente em pessoas com a pele muito clara. Se não for identificado precocemente, pode ser fatal, pois se desenvolve e atinge outros órgãos, como o pulmão. Para todos os tipos, uma solução: prevenção Benigno ou maligno, o câncer de pele é assunto sério e é importante prevenir. Alguns hábitos simples podem aumentar suas chances de ficar longe dessa doença. Veja as principais formas de prevenção e inclua na sua rotina: – utilize filtro solar diariamente, de preferência com fator de proteção 30, principalmente das 10h às 16h, horário em que os raios solares são mais fortes; – evite a exposição ao cigarro e outras substâncias tóxicas; – proteja-se do sol com bonés, chapéus, óculos escuros com proteção UV, guarda-sol e barracas. Colocando em prática esses hábitos, o câncer de pele pode ser evitado. Mas, lembre-se: se observar alguma pinta, sinal ou mancha anormal na sua pele, procure imediatamente um dermatologista. Só ele pode dar o diagnóstico preciso para os seus sintomas e prescrever o tratamento ideal. Além disso, quanto antes for diagnosticado, mais fácil será o processo de cura. Vamos juntos fazer do Dezembro Laranja uma campanha que dure o ano inteiro.

Newsletter
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine a nossa newsletter para promoções especiais e atualizações interessantes.


    Política