Home - Blog Hospital Pilar

CEDIP patrocina livro e faz doação de exemplares à ONG Futebol de Rua

No dia 7 de junho de 2014, aconteceu o lançamento do livro “A Turma do Pingo em Clima de Futebol” na Livraria Cultura. O livro é obra da autora Ana Maria Gonçalves, que conta a história de Pingo, um pequeno quati que vai até uma aldeia indígena encontrar-se com o indiozinho Sapeca, seu amigo. O esporte, a história das Copas do Mundo e biografias de grandes jogadores brasileiros fazem parte da história da obra. A CEDIP, após patrocinar a publicação do livro “A Turma do Pingo em Clima de Futebol” – fez a doação de exemplares, e dos jogos da memória que acompanham os livros, para o ONG Futebol de Rua. De acordo com Fabiane Prado, coordenadora pedagógica da ONG em Curitiba, os livros doados pela CEDIP foram muito bem recebidos e passaram a ser utilizados nas atividades dos núcleos. A ONG Futebol de Rua tem atuação em São Paulo, Rio de Janeiro e em Curitiba. Na capital paranaense, conta atualmente com 8 núcleos de Futebol de Rua, em comunidades em situação de risco. Mesclando o esporte com a educação, a ONG realiza clínicas, palestras educativas, abrangendo saúde pública, cultura, educação e esporte. Aos finais de semana (sábados e domingos) a ONG ministra aulas de Futebol de Rua nas quadras das escolas públicas e das Associações de Moradores. [bsf-info-box icon_size="32" title="Conheça a ONG Futebol de Rua:" title_font_color="#5b8ba9"]http://www.futebolderua.org/ https://www.facebook.com/futebolderua.org[/bsf-info-box]

Endometriose

A endometriose é uma doença que acomete mulheres de todas as idades, em qualquer momento da fase fértil, da primeira até a última menstruação. Segundo o Ministério da Saúde, a enfermidade atinge cerca de 15% da população feminina em idade reprodutiva (aproximadamente entre os 17 e 34 anos). [bsf-info-box icon="Defaults-question" icon_size="32" icon_color="#5b8ba9" title="O que é?" title_font_color="#5b8ba9"][/bsf-info-box] O endométrio é uma mucosa que reveste o interior do útero. Quando não há fecundação do óvulo, a camada é eliminada pelo organismo durante a menstruação. Na endometriose, o endométrio não é expelido e volta pelas trompas da mulher, podendo se alojar em outros órgãos, como ovários, bexiga, intestino e outras áreas próximas. Esse endométrio, que está fora da cavidade uterina, aumenta gradualmente de tamanho pela ação do hormônio estrogênio em excesso durante o período fértil, levando a sangramentos. As causas da endometriose ainda são pouco conhecidas. [bsf-info-box icon="Defaults-question" icon_size="32" icon_color="#5b8ba9" title="Quais são os sintomas?" title_font_color="#5b8ba9"][/bsf-info-box] A doença é caracterizada por inchaço, cólicas fortes e dor crônica no período menstrual, aumento do fluxo menstrual, dificuldade para engravidar, alterações intestinais durante a menstruação, dor para evacuar e desconforto durante a relação sexual. A intensidade dos sintomas chega a interferir na qualidade de vida da mulher. Quais mulheres estão mais suscetíveis a desenvolver a doença? A endometriose pode estar relacionada à pré-disposição genética. Entretanto, outros fatores, como estilo de vida e queda do sistema imunológico também favorecem o desenvolvimento da doença. [bsf-info-box icon="Defaults-medkit" icon_size="32" icon_color="#5b8ba9" title="Diagnóstico" title_font_color="#5b8ba9"][/bsf-info-box] A endometriose é uma doença de diagnóstico especializado feito por meio da combinação entre o histórico de saúde da mulher, exame ginecológico, exames de imagem como ultrassom pélvico, tomografia computadorizada e ressonância magnética. A confirmação é dada, porém, após a análise de fragmentos das lesões retiradas a partir da laparoscopia. [bsf-info-box icon="Defaults-medkit" icon_size="32" icon_color="#5b8ba9" title="Tratamento" title_font_color="#5b8ba9"][/bsf-info-box] Apesar de não ter cura definitiva, a enfermidade pode ser tratada com o uso de anticoncepcionais que controlam e param a menstruação, o que impede que o sangue se acumule dentro do organismo. A escolha terapêutica mais adequada dependerá do nível dos sintomas e do grau da doença. Lesões maiores de endometriose, em geral, devem ser retiradas cirurgicamente. Quando a mulher já teve os filhos que desejava, a remoção dos ovários e do útero pode ser uma alternativa de tratamento. Fontes: Portal Brasil, Blog da Saúde, Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas, do Ministério da Saúde e Cartilha Febrasgo. 

Lançamento A Turma do Pingo em Clima de Futebol

Acontece no próximo dia 7 de junho (sábado), às 17h, na Livraria Cultura o lançamento do livro “A Turma do Pingo em Clima de Futebol” da autora Ana Maria Gonçalves. O livro conta a história de Pingo, o pequeno quati que vai até uma aldeia indígena encontrar-se com seu amigo, o indiozinho Sapeca. Ao chegar lá, observa uma turma de índios jogando futebol. A trama toda dialoga sobre o esporte, a história das Copas do Mundo, pequenas biografias de grandes jogadores brasileiros e também de craques do futebol paranaense. A publicação tem o incentivo de duas empresas que são referência em educação, o Grupo Positivo e referência no diagnóstico por imagem, a CEDIP. Segundo Thomas Cunali Prestes, supervisor jurídico e da qualidade CEDIP, “o livro traz conhecimento e informação de maneira divertida e interessante. Além de enriquecer culturalmente os jovens, constitui um bom incentivo à incorporação do próprio hábito da leitura. A realização de Oficinas em escolas municipais nos faz crer que é de grande relevância social e merecedor de nosso apoio.” Uma cartela de adesivos e um Jogo da Memória compõem a leitura. São 60 cartas com imagens dos personagens e com curiosidades sobre o futebol paranaense. Dessa maneira, também é indicado para todos aqueles que gostam de futebol, admiram ou praticam o esporte, independentemente da idade. O livro foi realizado com apoio do Mecenato Subsidiado – Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba e também conta com o incentivo do Hemobanco, Grupo BRT, Imobiliária Sallvi, Gráfica Capital e captação de recursos Agarra Cultura. Como contrapartida social serão realizadas ainda palestras e oficinas literárias em escolas municipais, doação de livros, adesivos e jogos da memória às bibliotecas dessas escolas, além de sorteios entre os alunos.   CONVITE Lançamento do livro “A Turma do Pingo em Clima de Futebol” Data: 07 de junho (sábado) Horário: 17h Local: Livraria Cultura (Shopping Curitiba – Rua Brigadeiro Franco, 2300 – Loja 306) Informações: (41) 3286-6030, [email protected] [ultimate_heading main_heading="Sobre a autora" main_heading_color="#12a39e" alignment="left" main_heading_font_size="desktop:20px;" main_heading_style="font-weight:bold;"][/ultimate_heading][bsf-info-box icon_size="32" title="Ana Maria Gonçalves" title_font_color="#5b8ba9" desc_font_color="#888888"]Vive em Curitiba, mas nasceu em Cerro Largo (RS). Roteirista e diretora de cinema, durante seis anos criou brincadeiras e jogos para os programas da Rede Globo. Dedicou-se às artes cênicas como autora da peça infantil “Vida é Arte”. “As Aventuras de Pingo” surgiu das visitas que a autora fez às Cataratas do Iguaçu, bem como sua preocupação com o meio ambiente.[/bsf-info-box][ultimate_heading main_heading="Sobre o livro" main_heading_color="#12a39e" alignment="left" main_heading_font_size="desktop:20px;" main_heading_style="font-weight:bold;"][/ultimate_heading][bsf-info-box icon_size="32" title="“A Turma do Pingo em Clima de Futebol”" title_font_color="#5b8ba9" desc_font_color="#888888"]Autora: Ana Maria Gonçalves Ilustrações: Francis de Cristo e Wagner Muniz Projeto Gráfico: Sandra Hiromoto Formato: 24X22cm (capa dura e miolo com costura) Páginas: 48 Editora: Luz Preço sugerido: R$35 (inclui cartela de adesivos e jogo da memória)[/bsf-info-box]

Esclerose Múltipla

Estima-se que atualmente existam cerca de 35 mil brasileiros portadores da Esclerose Múltipla. Ela é uma doença crônica, inflamatória e degenerativa que surge com mais frequência em pessoas entre 20 e 40 anos, e afeta com maior incidência as mulheres. Ela é caracterizada pela perda da mielina, que é a camada lipoprotéica que envolve e isola as fibras nervosas e permite que os nervos transmitam seus impulsos, ajudando na condução de mensagens que controlam as atividades conscientes e inconscientes do organismo. Assim como um fio desencapado em algumas partes, a falta de mielina leva à interferência na transmissão dos impulsos nervosos e isso produz os diversos sintomas da Esclerose. [bsf-info-box icon="Defaults-exclamation-triangle warning" icon_size="32" icon_color="#12a39e" title="Sintomas" title_font_color="#12a39e"][/bsf-info-box] Os sintomas mais comuns são: [bsf-info-box icon="Defaults-chevron-right" icon_size="32" icon_color="#5b8ba9" title="Alterações ligadas à fala e à deglutição;" title_font_color="#5b8ba9" css_info_box=".vc_custom_1486652555349{margin-top: -10px !important;}"][/bsf-info-box][bsf-info-box icon="Defaults-chevron-right" icon_size="32" icon_color="#5b8ba9" title="Fadiga;" title_font_color="#5b8ba9" css_info_box=".vc_custom_1486652562237{margin-top: -20px !important;}"][/bsf-info-box][bsf-info-box icon="Defaults-chevron-right" icon_size="32" icon_color="#5b8ba9" title="Perda de memória e dificuldade na realização de tarefas;" title_font_color="#5b8ba9" css_info_box=".vc_custom_1486652568750{margin-top: -20px !important;}"][/bsf-info-box][bsf-info-box icon="Defaults-chevron-right" icon_size="32" icon_color="#5b8ba9" title="Transtornos emocionais (sintomas depressivos, ansiosos, transtorno de humor, entre outras)." title_font_color="#5b8ba9" css_info_box=".vc_custom_1486652575334{margin-top: -20px !important;}"][/bsf-info-box] Os sintomas podem ser brandos ou pouco perceptíveis, além de serem parecidos com os sintomas de outras doenças nervosas. [bsf-info-box icon="Defaults-medkit" icon_size="32" icon_color="#12a39e" title="Diagnóstico" title_font_color="#12a39e"][/bsf-info-box] Por ser uma doença crônica, ela dura a vida inteira e ainda não tem cura. No entanto, é importante diagnosticá-la, pois existem tratamentos, tanto a nível terapêutico, como de reabilitação. Um dos exames mais recomendados por neurologistas para o diagnóstico da doença é a Ressonância Magnética. Procure um médico para mais informações sobre a Esclerose Múltipla. Fonte: Associação Brasileira de Esclerose Múltipla e Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla.

1 53 54 55 56 57
Newsletter
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine a nossa newsletter para promoções especiais e atualizações interessantes.


    Política